Confira se você já pode sacar o FGTS da sua conta inativa
Confira se você já pode sacar o FGTS da sua conta inativa
mar
28

Confira se você já pode sacar o FGTS da sua conta inativa

Uma das maiores surpresas anunciadas pelo novo Governo Federal foi que os trabalhadores poderão retirar o seu saldo FGTS – Fundo de garantia por Tempo de Serviço – de contas inativas. De acordo com as informações divulgadas, são mais de 30 bilhões de reais que voltarão a circular e beneficiar a população.

As retiradas foram autorizadas a partir do dia 10 de março e todos poderão sacar seu saldo, anteriormente bloqueado, até o dia 31 de julho de 2017. Existe um calendário para organizar essas retiradas, que segue o mês de nascimento do trabalhador. Por exemplo, quem nasceu nos meses de janeiro e fevereiro, já pode retirar o seu saldo neste mês de março. Confira o calendário completo de saques:

  • Nascidos em janeiro/fevereiro: retiradas em março;
  • Nascidos em março/abril/maio: retiradas em abril;
  • Nascidos em junho/julho/agosto: retiradas em maio;
  • Nascidos em setembro/outubro/novembro: retiradas em julho.

A grande maioria das contas inativas de FGTS tem, no máximo, R$ 500,00 a serem retirados.

Quem pode sacar o FGTS de contas inativas?

De acordo com a Medida Provisória 763/2016, pessoas que trabalharam com carteira assinada e pediram demissão ou foram demitidas por justa causa até 31 de dezembro de 2015, podem retirar o seu saldo FGTS de acordo com o calendário acima.

Antes dessa medida, só quem conseguisse comprovar que passou 3 anos ininterruptos desempregado, poderia retirar o benefício. Com essa resolução, o governo espera dar um pouco de fôlego econômico para parte da população.

O calendário de saques foi elaborado para garantir agilidade na hora dos saques, já que são mais de 30 milhões de pessoas com contas inativas que se enquadram nessa Medida Provisória.

O que você precisa para sacar o FGTS de uma conta inativa

Dentro do mês que você se enquadra para retirar o saldo da sua conta FGTS, basta comparecer a uma agência da CAIXA com os documentos abaixo:

  • Documento de Identidade;
  • Carteira de Trabalho onde conste o o contrato de trabalho onde o valor está retido;
  • Número do PIS/PASEP/NIS (esse número, normalmente, consta na Carteira de Trabalho);
  • Se você recebeu alguma correspondência da CAIXA pelos Correios, também pode levar.

Junte esses documentos e vá até uma agência da CAIXA apenas no seu mês de retiradas para sacar o FGTS, de acordo com o calendário acima.

Você também pode consultar o seu saldo pela internet, antes de ir até a agência para sacar. Neste link, diretamente no site da Caixa, você faz a consulta e tem informações completas sobre a Medida Provisória.

FGTS para compra de imóvel

O saque do FGTS, mesmo em valores abaixo de R$ 500,00 como a Caixa divulgou ser o caso da maioria da população, pode facilitar a compra de lotes em Luís Eduardo Magalhães. Esse recurso pode ajudar no pagamento de uma parcela ou dar a entrada no terreno escolhido. Saiba mais clicando aqui.

Os beneficiários que tem um saldo maior nas suas contas inativas do FGTS (pelo menos 20% dos trabalhadores tem valores acima de R$ 1.500,00 bloqueados, de acordo com o governo), pode utilizar esse valor para ajudar em um financiamento imobiliário, por exemplo. Saiba aqui o que você precisa para utilizar o seu saldo FGTS para compra de imóvel.

O FGTS também pode ser utilizado no programa habitacional Minha Casa Minha Vida. Veja abaixo o que você pode adquirir dentro do programa aqui na Terramac Imobiliária:

Fale pelo Whatsapp